[ editar artigo]

R.A.C. de manhã e Missões a noite

R.A.C. de manhã e Missões a noite

Como sempre acontece, no segundo domingo de cada mês, celebramos a Reunião Administrativa com a Santa Ceia. Na primeira parte, depois de um período de meia hora de oração, iniciamos a parte devocional, com a ministração da lição 10 da Classe Esdras com o título, “A Mordomia das Finanças”. Em seguida a parte administrativa com leitura de ata, parecer do Conselho Fiscal e movimentação dos membros. Na última parte a celebração da Santa Ceia. Já  a noite, celebramos ao Deus das Missões. Cantamos o hino 65 da Harpa. O coral dos jovens teve participação adorando ao Senhor, nossa juventude em missões adorando ao criador dos céus e da terra com dois hinos. Saudamos com alegria os amigos visitantes. As crianças receberam a oração e foram para o culto infantil. Na sequência o Ev. Elias Benhur ministrou a palavra de Deus, subordinou a mensagem ao tema: "A importância de ser discípulo". Lemos Mc 4. 14-20. Jesus o Deus encarnado, estando na terra escolheu pessoas para treinar e um tempo depois os enviou a pregar o evangelho. Os discípulos receberam profundas instruções, e antes de Jesus ser assunto aos céus ordenou-lhes que pregassem o evangelho a toda a criatura. A semente lançada no solo a luz da parábola é a palavra de Deus, os solos são os corações e os semeadores são os crentes que devem semear as semente do evangelho e esses tem a missão de encontrar terra boa. A ordem de irmos e anunciarmos a palavra de Deus está muito clara nas Escrituras. Comissão não nos falta, o que nos falta é obediência. Ir é a ordem, fazer discípulos é o mandamento, ensinar e pregar está na Grande Comissão dada por Jesus. Se obedecermos a ordem e semearmos, vamos achar terra boa e vamos colher os frutos. Plantar e colher são as características que marcam profundamente a vida cristã, não colheremos se não plantarmos. Esse princípio divino é imutável na palavra do Senhor. O senhor Jesus tem interesse que sejamos produtivos, frutíferos no reino de Deus, e a cobrança será de acordo a nossa capacidade de fazer para Ele. Deus deu capacidades diversas, níveis específicos de produção. Mas há pessoas que não produzem quase nada em relação a capacidade dada por Deus para produzir. Árvore que dá frutos, é podada para dar mais frutos. É aqueles que não dão frutos, serão cortados da Videira. Aliás, é possível estar na Videira e não produzir nada. É verdade que na parábola está escrito que nem todos serão receptivos a palavra, mas os semeadores não podem desanimar, não podem deixar de ir em busca da terra boa. Que Deus nos ajude a avançarmos neste tempo do fim a sermos de Deus semeadores genuínos em meio a este mundo corrompido. Quando chegar o tempo de colhermos precisamos estar preparados para o grande trabalho que teremos, pois colheita demanda muito serviço para não perder o fruto que a terra gerou. Oramos por aqueles que aceitaram a palavra e cantamos ao Senhor. O pastor deu os avisos gerais da obra do Senhor e o culto foi encerrado. Foi servida a Ceia aos irmãos que não estiveram pela manhã.

MINISTÉRIO de COMUNICAÇÃO da AD VACARIA

Ler matéria completa
Indicados para você