[ editar artigo]

Enchendo a Mente do que Agrada a Deus

Enchendo a Mente do que Agrada a Deus

Ao nosso Deus, que está assentado em um alto e sublime trono, que é adorado pelos anjos e por sua igreja, iniciamos o tradicional culto de oração e ensino da palavra de Deus. Louvamos a ele com um cântico novo e com muita alegria aprendemos da palavra do Senhor.  Cantamos os hinos 141 e 481 da harpa cristã. Juízes 6.18-19,  foi a palavra da oferta lida pelo Pb. Jorge Nuñez. Ouvimos os avisos  e o nosso pastor ministrou dentro do tema geral: “Dois Poderes, Uma Mente”, a aula 18 com o título: "Enchendo a minha mente do que agrada a Deus e tirando da minha mente o que desagrada a Deus".  Sl 15. 1-5; 1 Pe 1. 13-2.4. Fomos induzidos desde crianças a lutar e conquistar coisas “externas”. Por exemplo, casamento, formações acadêmicas, profissionais e etc. O problema é não querermos conquistar, a pureza do coração. Valorizamos muito as coisas aparentes, e não as que são belas aos olhos de Deus. Qual é o conceito de Deus sobre beleza? Pv 31.30, ser belo pra Deus é ser temente a ele. Essa beleza, Deus quer ver no ser humano. A beleza humana é passageira, se vai com o tempo. Deus tem conceito diferente de beleza. Para ele, a beleza vem de dentro para fora. I Pe 3. 1-6; A beleza está no silêncio, no temor, na obediência, no zelo. A verdadeira felicidade segundo Deus é abundar em nós essas virtudes. Precisamos aprender o conceito de beleza segundo Deus.  Sl 26.2, a oração desse salmo devemos fazer todos os dias. Pedir para Deus nos examinar, provar o nosso interior. O salmista fez isso. Sl 73.1, Deus não é bom pra todo mundo, ele é bom para os que têm coração e mente limpa. Imensamente felizes são os puros de coração. Por que eles são limpos de coração? Por que verão a Deus. Vai ver ao Senhor aquele que se preocupa com a sua mente. Hoje precisamos cuidar da nossa alma. Tem gente por aprender cuidar de si, da sua própria vida, está dentro da casa de Deus reprovados, com a vida estragada. Nós temos que ter o cuidado pra não entristecer o Espírito Santo, devemos desejar uma alma pura, limpa. Deus disse: “Sede santos por que eu sou santo”. Amar a Deus, também é aborrecer o que Deus odeia.  Deus é amor, mas isso não significa que ele não sinta ódio, ira, Pv 8.13. Deus odeia o pecado, a soberba, a boca suja. Não basta evitar o mal, é necessário odiar o mal. Não podemos ter vestígios de perversidade, malignidade e pecado na nossa mente. O diabo se alimenta do que está em Gl 5. 19-21. Para “matar o diabo de fome” é preciso não ter práticas como essas a listadas na carta. O que fazer para aborrecer o que Deus aborrece? Precisamos nos despir de toda a imundícia, malícia, porque isso é comida de demônios, do diabo. Precisamos receber a palavra de Deus. Precisamos praticar a palavra de Deus. Crentes endemoninhados rejeitam a palavra. Nosso pastor orou, glorificamos a Deus e a igreja foi renovada no poder do Espírito Santo.

Ministério de Comunicação da AD Vacaria

TAGS

ensino

Ler matéria completa
Indicados para você