[ editar artigo]

DOIS PODERES, UMA MENTE

DOIS PODERES, UMA MENTE

Nessa primeira quinta de 2019, 3 de janeiro, aconteceu o primeiro grande culto de Oração e Ensino. Cantamos os hinos 298 e 305 da harpa cristã juntamente com Grupo Adoração. Nosso pastor desejou que o grande amor de Deus e suas misericórdias acompanhem a igreja nesse novo ano. Louvou e agradeceu ao Senhor pela participação dos irmãos no culto da virada, e também os que participaram da confraternização. Deu os avisos gerais e sem demora estudamos a preciosa palavra de Deus. Nosso presidente ministrou a sétima aula do tema "Dois Poderes e Uma Mente".  Lendo a Bíblia em I Co 2. 6-16.  Recapitulando sobre o que foi estudado até aqui. Estamos a um passo da eternidade, vamos deixar o mundo físico e adentraremos o espiritual, que é mais real que esse mundo físico que vivemos. Porém, enquanto estamos na dimensão física, estamos também numa dimensão espiritual. E dento do ser humano existe a mente, e nela, perdemos as batalhas ou ganhamos. E a disputa por ela é entre Deus e o diabo. Ef 4.27 nos diz que não é para darmos lugar ao diabo. O inimigo não pode ter permissão de entrada em nossa mente. Somos aquilo que pensamos. Aquilo que a pessoa pensa ela realmente é. Is 55.7 diz que é pra deixar os maus pensamentos. Por isso temos que nos conscientizar que estamos em guerra espiritual. A igreja é como um “centro de treinamento militar”, cuja os triunfantes são os bons soldados. E nessa batalha precisamos vestir a armadura de Deus que nos está a disposição. Precisamos estar atentos, pois o inimigo é um estrategista, ele não desiste do ser humano, ele quer levá-lo a sua casa. O que chamamos de desviados o diabo chama de desertor. Nesse assunto de mente precisamos ter domínio próprio, uma arma poderosa contra o inimigo. Tomemos cuidado com o nosso corpo como um todo, mas principalmente com os nossos ouvidos, nossa boca e nossos olhos. Eva não teve medo de conversar com o diabo, mas teve medo de ouvir voz de Deus. Todo aquele que anda no pecado não gosta de ouvir a palavra de Deus. A pessoa que vive em pecado tem medo da verdade de Deus. O medo de ouvir a voz de Deus é grande, mas o ouvir os outros e até o inimigo não o tem. Nós não temos noção da vontade que os desertores terão no lago de fogo em ouvir a voz de Deus, mas será tarde demais. É escolhermos o caminho da verdade terminaremos na eternidade. Outro sim, é necessário desintoxicar a nossa mente seguidamente. Se nós não tivermos cuidado passamos a ser tóxicos nos pensamentos, nas palavras e nos relacionamentos. O amadurecimento em vez do apodrecimento se esclarece no que diz respeito ao ser discípulo, ser salvo, e prestador de serviços. O apodrecido é aquele que tem o desejo apenas ensinar ter, não o SER. No final um clamor por temor e sabedoria divina para terminar a batalha mais que vencedores!

MINISTÉRIO de COMUNICAÇÃO da ADVACARIA

Ler matéria completa
Indicados para você