[ editar artigo]

A Igreja como Lavoura

A Igreja como Lavoura

Quinta, 18 de julho, mais um grande culto. Cantamos o hino 93 da Harpa. Ouvimos a leitura bíblica de um texto sobre ofertas e com o Grupo Adoração cantamos o hino 600. Os avisos foram dados à igreja e o pastor deu sequência às ministrações sobre a doutrina da Igreja. O pastor leu I Co 3. 6-17. E dentro da simbologia da igreja o pastor ensinou sobre "A Igreja como Lavoura de Deus". O pastor desenvolveu o assunto da chamada para frutificar e trabalhar na obra de Deus. A linguagem é a da agricultura. O assunto é peculiar em todos os povos e em todos os tempos. O objetivo de Deus é ser claro. Pensando na igreja como lavoura entendemos o desejo que Deus tem de todos serem sua lavoura. Mas lamentavelmente muitos pessoas não querem ser lavoura de Deus se tornando então desertos, pessoas secas, duras, espinhosas, pedregoso, improdutivas no Reino de Deus. Essa terra deve ser preparada. Nenhum agricultor avista uma terra é sai lançando sementes. O agricultor entende que tem coisas que só ele pode fazer. Há outras que só Deus pode fazer. Chuva, sol, vento, orvalho, é com Deus. A nossa parte é clara Lc 9.62. Mão no arado é a linguagem da terra. Aqui está a razão porque muita gente vai perder a salvação, a terra precisa ser mexida. Simbolicamente nessa mensagem a terra somos nós. Deus abre sulcos para a semente precisa penetrar nessa “terra”. O arado de Deus tem que passar nesta terra. Para ser terra fértil e produtiva precisa aceitar o arado do eterno Deus. Isso fala de provação, perseguição, ódio das pessoas, problemas, mas Jesus disse que no mundo tereis aflições, Jesus está falando de sulcos. E a moda agora é “pare de sofrer”. Na lavoura “transgênica” não tem arado, não tem sulco, só benção. E para a salvação temos que ser terra produtiva Lc 13.6-9. Devemos frutificar para morar no céu. Pra morar no céu é preciso deixar Deus arar. Quem não deixar o arado de Deus abrir sulcos Jo 15.1,2 será cortado. Pai que ama abre sulco, ara a terra, escava. Quem quer dar fruto precisa ser podado. Que Deus possa podar as coisas que não prestam em nossa vida. Nós somos uma lavoura, ninguém é igual. O que importa é dar fruto. Não importa a árvore que Deus nos fez, o que importa é frutificar. Que árvore a pessoa é, não importa, isso é com Deus, o importante é ser frutífero.

MINISTÉRIO de COMUNICAÇÃO da AD VACARIA.

TAGS

ensino

Ler matéria completa
Indicados para você